Esporte Motor - Blog oferece calendário de todas as modalidades, atualizadíssimo.

Excelente dica para quem gosta de acompanhar várias categorias do Automobilismo nacional e mundial além do motociclismo, acesse esse atalho e fique por dentro do calendário da maioria das competições.


Enorê Brião Bragança.

Automodelismo de Fenda Digital - França sedia a 2ª prova de Endurance com a digitalização da Slot.It, Oxigen., só neste ano.


http://img77.xooimage.com/files/7/2/1/affiche-24-h-web-2012-333a4d4.jpg

Pela segunda vez será realizada em território francês uma competição de Replicamodelismo de Fenda Digital Oxigen - Slot.It Grupo C, ainda neste ano. A data escolhida é de 19 a 21 de outubro, com largada prevista para o meio dia de sábado, dia 20, na comuna, unidade básica de organização territorial da França; Bressolles, região administrativa de Ródano-Alpes, no Departamento de Ain, Lion. Bressolles fica a 270Km da Cidade Luz, Páris.

O Regulamento e demais informações podem ser visualizados nesse atalho, devidamente traduzidos.


Esse sistema digital permite a participação simultânea de 20 Réplicas de Autorama, cada uma representando uma equipe, as quais deverão ter o mínimo de 03 e máximo de 06 pilotos. Além da estratégia de reabastecimento, recorrer com menos carros no pit layne, menor movimentação, utilizar maior ou menor quantidade de combustível que tem relação diretamente proporcional ao desempenho, ou seja, quanto maior o nível de combustível o Slot car vai aparentar pesado, com particularidades no movimento em reduções de velocidade, retomadas de aceleração e ainda nos finais de reta não rendem o que podem ou deveriam. A única restrição é quanto a potência dos motores  de qualquer marca e que não podem superar os 25.000rpm. Caso a equipe deixe o carro sem combustível e ele parar ao longo da pista, fora dos boxes, automaticamente a equipe será eliminada da prova. Para facilitar a estratégia de corrida, existem alternadores de fendas que ficam tanto em retas como em curvas, o que pode facilitar as ultrapassagens. 


A Rio CSP - RJ é a única equipe brasileira que já confirmou participação. Até o momento 10 são francesas, 02 da República Checa, mesmo número para espanhóis, ingleses e uma da Bélgica, restando 02 vagas. 

Enorê Brião Bragança

Automodelismo de Fenda - SCALEXTRIC comprometida com lastros financeiros da SCX, marcas de menor custo das Réplicas de Autorama.

Conforme antecipamos há algum tempo, irremediável, a crise atingiu em cheio os produtos mais populares e baratos do Replicamodelismo de Fenda. A SCALEXTRIC ficou afeta com a proibição do governo espanhol de somente distribuir produtos fabricados por empresas espanholas com fabricação na Chica. Com a legislação toda a produção também deve ser feita na Espanha. 


Segundo as últimas notícias, tanto a SCALEXTRIC quanto a Tecnitoys, leia-se SCX, correm risco de liquidação.


Acompanhem pelos atalhos logo abaixo:


Tecnitoys, fabricante SCALESTRIC, em liquidação;


Novo fiasco, capital de risco, SCALEXTRIC.


Enorê Brião Bragança.

Automobilismo - Campeonato DTM começa neste final inicio de semana, com retorno da BMW.

Vídeos disponibilizados pelo You Tube. 

Wiesbaden - Alemanha, domingo passado, esses vídeos mostram as novas edições dos carros que disputarão o DTM, Deutsche Tourenwagen Meisterschaft, em português, Campeonato Alemão de Turismo; desta feita com um brasileiro assegurada para toda a temporada,  egresso do WTCC - Mundial de Marcas da Federação Internacional de Automobilismo - FIA, competição que disputou entre 2005 e 2010, na temporada passada o paranaense Augusto Farfus que disputou algumas corridas de Endurance Le Mans; que terá outro companheiro da antiga equipe BMW de fabrica, Andy Priaulx, tricampeão no WTCC; marca que após 20 anos ora retorna ao certame, com provas em outros paises, deixando de ser restrito a Alemanhã já há alguns anos. Mesmo com chuva a repercussão da apresentação foi um sucesso de público!

Essa celebração toda é porque neste final inicio de semana acontece a etapa de abertura no circuito de Hockenheim, a partir das 9h, com possível transmissão pela Band Esportes. Já no domingo vindouro, 06 de maio, mesmo horário, a 2ª etapa, em Laustizring. Ainda no próximo mês na Inglaterra, Brands Hatch, dia 20, está marcada a 3ª etapa.

Depois de 10 anos competindo pela Audi, o campeão do ano passado, o alemão Martin Tomczyk, resolveu deixar a sede de Ingolstadt indo reforçar a BMW a partir de agora. 

O brasileiro Augusto Farfus correrá com a BMW M3 numeral 16.

Neste atalho, uma reportagem com as fotos de todos os campeões do DTM, no Blog do competentíssimo Rodrigo Mattar.

Este último vídeo são atividades em dia de testes em Hockenheimring:



Para quem gosta, tire pinturas a partir dos novos carros do DTM.


Enorê Brião Bragança.

Futebol Copa Brasil - Brigas no estádio Serra Dourada, revolução ao alcance de cada um ou simplesmente selvageria?


Essa a imagem que devemos passar do estado de Goiás, arruaceiros covardes que agridem pessoas caídas? Acho que não preciso mencionar também o quantitativo, espero!! Aproveitaram para agredir até quem estava separando. Péssimo exemplo!!! Como o vídeo é da conclusão ou comentários de transmissão do SporTv, logo devem tirar do You Tube.

E a intervenção policial? Parecem atônitos com o escândalo que inundou o Brasil, Cachoeira.


Como nos ensina o Evangelho Segundo o Espiritismo, obra basilar da codificação feita por Allan Kardec, em seu Capítulo V, Bem Aventurados os Aflitos, como os aflitos somos todos nós dessa orbe; ao término do item 6:


O infortúnio que, à primeira vista,  parece imerecido, tem sua razão de ser, e aquele que sofre pode sempre dizer:


- "Perdoai-me,  Senhor, porque pequei". 

Enorê Brião Bragança.

Automodelismo de Fenda - Paulistas e paranaenses fazem o pódio na abertura do Brasileiro de Endurance em pista de plástico, Slot.It Grupo C. Competição aconteceu dentro dos parâmetros de competitividade, altíssimo nível.

Há anos não experimentava tamanha satisfação, cobrindo a inauguração do Clube do Autorama com a 1ª Etapa do Brasileiro de Endurance em pista de plástico, com Réplicas da especificação Slot.It - Grupo C, assistindo a metade das 12h de Goiânia que contou com um atraso de hora, mas dentro do cronograma dos organizadores que se tornam craques ainda mais em cada nova experiência, contando com o apoio logístico da ORGCAR, entidade que engloba proprietários de pistas em São Paulo e que fomentam regulamentos, regras e parte disciplinar dos Campeonatos daquele estado, ora iniciando no âmbito nacional, visando a competitividade. Tal iniciativa tem cunho tão elevado que se associaram em uma empresa que fabrica pneus de borracha, por enquanto, para o Automodelismo de Fenda de Réplicas, a DFP, utilizados na corrida e segundos os participes de excelente qualidade.

Inicialmente gostaria de fazer um reparo, após a conclusão da corrida teste, garantiram que me enviariam o resultado, exatamente para poupar tempo,  quando iniciei as anotações dos vencedores, conforme esse artigo. Pois bem, não foi possível e noticiei que o André Fleury - Dick Vigarista teria ganho, sendo que na realidade foi o mais jovem piloto goiano, André Passáglia - Dé,  a competir nas 12h e que há muito deixou de ser uma promessa para se  tornar uma realidade, aliás, como Eduardo Câmara, Ozílio Filho dentre outros.

Reencontrar o Mauro Machado, ex proprietário da Monza Autorama, voltada para os carros Sprint também conhecidos como Bolha, que afiançou ter sido o primeiro a comercializar Slot cars de Replicamodelismo de Fenda, na capital das Esmeraldas, Goiânia; então com a espanhola Ninco, a mesma das 02 pistas dispostas simetricamente e cada uma com 06 fendas e 44 metros de extensão no Clube do Autorama.

Sempre muito bom rever a  simpatia e educação do patriarca da esportiva família Vaz, Márcio Vaz - Marcinho, campeoníssimo no Kart e também no Jet Sky, inclusive com títulos regionais e brasileiros, e do Cristiano Vaz - Kitty, um dos idealizadores e empreendedores do Clube do Autorama, ao lado do Fabím. Inevitável relembrar o acidente do Marcinho quando ainda corria de Kart, um mecânico de uma outra equipe se apavorou ao entrar na pista e na tentativa de saltar o monoposto atingiu seu condutor, desmaiando o Marcinho que continuou acionando o acelerador, depois de parar abruptamente, inconsciente, ficou com os braços estirados por sobre o motor. Passado suplantando com muita dor e ansiedade não só pelos familiares, afinal todos eles são queridíssimos por quem milita no esporte! Mas não é que o danado é personal training mesmo com diabetes e recentemente participou de uma maratona no Chile, entre mais de 1.500 participantes e chegou pouco acima da posição centenária com a narrativa entusiastíca do papai Vaz? Parabéns aos componentes dessa família adorável e fui apresentado pelo vô coruja e nem poderia ser diferente, a filha do Marcinho. O lado ruim que muitos devem estar chamando-o de sogro pela beleza tímida da filha.

Conhecer pessoalmente ao Sérgio Del Grande, Pablo Pinheiro, Fernando José Bueno, o mito das personalizações, José Carlos Aversa, essas bandeiras das Réplicas de Autorama, além dos conterrâneos do Paraná, Guilherme que está por inaugurar uma pista de madeira na capital, Curitiba, o Paulo, Benhur, Patrão e André, equipe suficiente para destacar o estado nesse esporte, sem projeções exageradas; foi outra manifestação de privilegio e me senti mais perto da Terra dos Pinheiras.

Agradeço ao chefe de reportagem Hélio Costa e ao produtor Maurício Costa de Freitas, ambos da Televisão Brasil Central Canal 13 - Cultura, por terem pautado a matéria vinculada no sábado, feriado nacional, a qual oportunizou 05 pessoas que não são do meio a conhecerem o Clube do Autorama e torcerem pelos goianos ainda que sutilmente. Outro que não posso me esquecer é o Luciano Martins, editor do Jornal Daqui que registrou o evento, esteve presente levando seu rebento que ficou de voltar para ingressar nessa modalidade, fazendo que conhecidos da velha guarda aparecessem para repararmos a falta de convívio mais estreito. Enfim, agradecer  a todos que receberam minhas sugestões de pauta e transformaram em notícia, enriquecendo e valorando a única pista de competição com parâmetros internacionais em Goiás, como o gestor do Blog mais atual da América do Sul, o companheiro argentino Hugo Ricardo Vega do http://www.autoshowslot.blogspot.com.br/. Acho que o Erlisva Carlos tem parcela na matéria feita pela Tv. Anhanguera, principalmente mostrando a competição a noite, com as luminárias da pista e dos faróis das Réplicas dos Protótipos que disputaram as 24h de Le Mans, França, originalmente uma das mais tradicionais competições do automobilismo mundial, atalho.  

A matéria da TBC é essa logo abaixo, feita nos treinos livres na manhã de sábado, dia 21, momentos que antecederam a tomada de tempo oficial. Imagens de Diogo Santos e reportagem da jornalista Aline Willick.   
      
   

Apenas 08 competidores não registraram para a posteridade suas participações na foto oficial, 25 pilotos dos 33 inscritos do evento. Na sequência foi realizada a tomada de tempos, pois o sorteo da pista para tal procedimento, assim como para pneus e motores havia sido feito na véspera. Antes da largada aconteceu um rápido culto protestante em agradecimento a DEUS.

Opções de carros e equipes:



Jaguar XJR6, equipe Jaguar, como todas as demais goianas, da capital, Goiânia.


Porsche da DG Autorama, São Paulo capital. Marcou a primeira colocação no posicionamento de largada, com o piloto Cassiano Del Grande, 11segundos e 413 centésimos de segundo, vai para os anais do Clube do Autorama.


Outra réplica de Autorama que indicou a predominância pela escolha dos Porsches 962, escuderia Velox. Apenas 02 bólidos não eram da tradicional marca alemã, Porsche.


Porsche da equipe Red Bull, composta pelos Drivers, Rafael Tofani Braga - Tchibumn, Flávio e Durval - J 69.

 

Única Toyota 88C, equipe Autorama Curitiba. 


Porsche da Espaço Fórmula de Piracicaba - SP. Se orgulham em ser a mais caipira dos Team participantes. Se aproximaram da mesa em que estava, pediram licença, se acomodaram e fizeram toda a estratégia de corrida a minha frente. Não sai pois não mencionaram essa necessidade. Fernando José Bueno, se encarregou de conduzir o automodelo de fenda nas pistas em que poucos treinaram, usando de sua experiência. Tudo com muita simplicidade. 


Americana Autorama - SP, escolha diferente, Mazda 787B.


Porsche da equipe W2S de Wilton Ferreira - Wiltão, Wilton Júnior e Solon Lago - Solone.


Mais um Porsche, Ionic com que o Fabím conquistou a segunda colocação no grid, com a diferença de 0,304 centésimos de segundo para o tempo da pole da DG Autorama.

O 2º competidor a registrar seu nome nos anais da história do Clube do Autorama foi o paranaense Guilherme Negrello ao completar a 1ª volta na liderança da corrida, aliás, as 02 primeiras baterias consideradas as mais difíceis, pois o campeão Brasileiro em pista de madeira, ano passado, em Americana, com SCX 4H de 25.000rpm, manteve-se me 3º lugar em pistas da extremidade, onde o raio das curvas é maior ou ínfimo, o que faz perder muita velocidade, confirmando as previsões, chamaram a atenção por terem chegado mais cedo em relação as outras equipes e treinado com afinco.

1ª Bateria teve o Cassiano DG - SP capital, com 268 voltas na pista 04; seguido por Francisco Teodoro Arruda - Fran, Piracicaba - SP, com 267 na 11; e Fabím da Ionic fez valer sua competência e regularidade na 06, com 256 e em 4º lugar; Wilton Jr. da W2S na 5ª colocação, pista 09 e 255 voltas; Nicolas Nardo, Americana - SP, 6ª na 05, 248; envolto com problemas na fixação dos fios no guia,  Fernarndo Antônio Curado - Q - Jím, ainda ficou na 7ª, 12 e com 247 voltas, após estar em 2º e ir para 7º; Rafael - Tchibumn sem muito tempo para se dedicar a treinos, marcou na 03, 235 e foi 8º, a frente somente do André Passáglia - Dé, Velox, com problemas de aderência na réplica, viu seu aerofólio despregar da carroceria, optou pela permissibilidade do Regulamento, sendo substituído pelo André Fleury - Dick Vigarista, no minuto aberto para a alternativa de troca de condutor durante  as baterias. Estavam em 5º caíram para 7º.

2ª Bateria, destaque para a atuação do Ricardo Câmara - Rica, mantendo o equilíbrio da equipe Ionic, ascendendo da 4ª posição para a 2ª geral, durante bom tempo rodando na casa dos 11s alto, marcando 11s e 523 como seu melhor tempo para a ocasião. Começa a aparecer a tática da DG, Sérgio substituiu ao Pedro, quando viu diminuir a vantagem para o Rica, possibilitando permanecer na liderança com 02 voltas a seu favor. As janelas da alternativa para trocar pilotos acontecia aos 27' e 30s de cada bateria, as quais tinham a duração de 55'. Impressionante também o desempenho do José Carlos Aversa, Espaço Fórmula, não perdeu tanto o contato com os líderes, embora despencasse do 2º para o 4º lugar em  fenda de baixíssima velocidade. O Dr. Nasser R. Tannus - Dr. Nascar da equipe Jaguar, deparou com o mesmo problema da bateria antecessora, comprometendo seu rendimento e da equipe, alternando colocação com a Red Bull na condução do Durval - J 69, respectivamente: da 7ª para a 8ª e da 8ª para a 7ª classificação. Resguardaram suas posições, Solon Lago da W2S na 5ª e Dé na 9ª.

3ª Bateria, DG continuou com o Sérgio e se isolou com 787 voltas, mas não foi surpresa a Curitiba Autorama, vez de Sandro Aleneski - Patrão, que mandou ver do 3º para o 2º lugar, 07 voltas a menos e 13 a frente do Cristiano Vaz - Kitty, sentiu fisicamente, na musculatura dos braços e costas, o ritmo da prova embora não comprometesse. Com isso a Ionic foi do 2º para o 3º lugar. Sílvio Neto - Homer Simpsnon com a Jaguar esboça reação retomando a 7ª colocação, empurrando a Red Bull para 8º, ora com o Rafael - Tchibumn. As demais equipes mantiveram-se.

4ª, Cassiano DG dispara a frente totalizando 1042 voltas, Fabím consegue inverter a classificação com o Patrão, 03 voltas em favor da Ionic diante Curitiba. Marco Aurélio Casale - Lombriga manteve a tradição da Espaço Fórmula, 4º lugar, 07 voltas atrás. Wiltinho leva a W2S de 6º para 5º, trocando com Americana pilotando Gustavo Moda. Méritos para: Q - Jím da Jaguar em 7º, Rafael - Tchibumn em  8º e 9ª colocação para Dé que não alteraram classificação mas melhoraram significativamente a quantidade de voltas de suas escuderias, esboçando que poderiam buscar a diferença pelo menos até o 4º lugar.

5ª, Esquentou de vez a disputa pela ponta! O contato do Porsche 962 da DG se soltava do chassis e com isso, de onde a Réplica saía, eram obrigados a recolocar o automodelo do local apropriado para fazer box, reta de parada em frente a mesa da Comissão de Prova, exigindo a partir da 3ª vez consecutiva, no trecho com mais curvas que forçavam redução brusca de velocidade, reparos. Desta feita, nem a substituição do Pedro por Sérgio surtiu efeito como das vezes anteriores, impossibilitando uma queda brusca para a 3ª colocação, sendo superado pelo Rica da Ionic que perseguiu bravamente o André Franchi da Curitiba, 1291 voltas, contra 1290 da Ionic e 1281 da DG. Aversa manteve o padrão na 4ª colocação com 1266 voltas, enquanto Solone, mesmo com box,  resisitiu bravamente com a W2S em 5º, Armando Souza em seu retorno as competições de Autorama na Jaguar, deu mostras de seu virtuosismo ao totalizar 1206, superando Pablo Pinheiro de Americana que estava em 6º e foi para 7º lugar, 1199. Dé confirmou  a recuperação da Velox, indo da 9ª posição para a 7ª, 1158. Durval - J 69 manteve a Red Bull no 8º posto, com 1148 voltas.

Última bateria que acompanhei devido a compromissos profissionais,  6ª e com maior alteração na classificação. Paulo Garcez reassumiu a ponta para Curitiba, 1561 voltas e com nova inversão entre Ionic e DG, Cassiano substituiu ao Sérgio e conduziu a DG em uma vantagem momentânea de 06 voltas para a de melhor desempenho entre as equipes goianas, Ionic que tinha o Kitty como piloto. Advinhem quem permaneceu em 4º? Exatamente, com rendimento mineirinho, quietinho, Espaço Fórmula com o Cassale - Lombriga, sem o menor indício de trocar os pneus traseiros,  1532 voltas. Sílvio - Homer Simpson conduziu a Jaguar da 6ª colocação para a 5ª, chamando a atenção dos presentes, empurrando a W2S para o 6º lugar. Americana persistiu em uma tímida retomada em 7º com 1424 voltas. Eduardo Câmara - Dú foi avassalador e diminuiu a vantagem para Americana que estava com Nicolas, 58 voltas. Flávio da Red Bull ficou com a 9ª colocação, 1353.

Era aguardada com muita ansiedade o período em que a pista teria somente a iluminação das miniaturas de postes e dos carros. Sabiamente, o Fabím e a ORGCAR cancelaram a névoa que tem como base glicerina, ou seja, poderia alterar a aderência na pista. A pedido do André - Dick Vigarista, até consultei uma empresa que faz a névoa com gêlo seco, mas o custo exterminou qualquer possibilidade, R$ 500,00(quinhentos reais) por 03 minutos. Muito se esperava desse período, mas os pilotos andaram tão rápido quanto com a iluminação de teto do Clube, a dificuldade foram as panes nos modelos.

No final DG e Espaço Fórmula fizeram um espetáculo a parte, teste para cardíacos, Cassiano e Fran disputavam a condição de grande vencedor a cada entrada de curva, cada aceleração de saída de trechos com redução, prevalecendo a vantagem da equipe da capital, pois Piracicaba viu-se obrigada a fazer troca de pneus traseiros, já desgastados e fazendo o automodelo saltitar nas retas e colocando a traseira dura e arremessando para os lados, 3055 contra 3051, diferença mínima para um prova de resistência. Complementando o pódio Curitiba Autorama que não repetiu seu desempenho no claro, 16 voltas atrás da equipe 2ª colocada e em 4º Ionic de Goiânia. 5º para os paulistas de Americana, 6º Jaguar em plena recuperação do número exagerado de reparos, assim como a Velox que chegou em 7º, Red Bull em 8º e a W2S em 9º


Resultado final exibido pelo monitor do Clube do Autorama.




Los Grand Campeones da primeira prova oficial sediada pelo Clube do Autorama, Equipe Del Grande de São Paulo capital, abertura do Brasileiro de Endurance em pista de plástico, Slot.It - Grupo C, 12h de Goiânia. Formação da esquerda para a direita, Pedro, Sérgio e Cassiano Del Grande. Lideram o Brasileiro de Endurance com 10 pontos e a ORGCAR gostaria de realizar a 2ª e Etapa aqui novamente, com o sentido contrário da pista, pois em julho, goianos e paulistas vão competir na Europa.  


Vice campeões, Espaço Fórmula de Piracicaba - SP, ladeados pelo Kitty e Ricardo Câmara nas extremidades, Aversa, Fran, Fernando José Bueno, Casale - Lombriga. 08 pontos no Brasileiro.


3º lugar, Curitiba Autorama, André, Guilherme, Ben-hur, Paulo e Patrão, capitaneados pelo Dr. Nascar. Difícil mensurar com exatidão, mas a vantagem de correr com a Réplica com carroceria mais leve até aqui da marca italiana,   ainda sem imã e peso, Toyota 88C com 18g, pode ter prejudicado no período de penumbra, iluminação só da pista e Slot cars. Até a visão fica mais tensa. Parabéns pelos 07 pontos. As conversações são para Curitiba sediar uma 3ª etapa em setembro, abrindo uma exceção por ser pista de madeira.


Diante das circunstâncias nos momentos finais da corrida, ocasionando muitas avarias, o melhor resultado entre as equipes goianas, Ionic na 4ª colocação, Rica, Fabím e Kitty, ao lado do Pablo Pinheiro de Americana - SP. Ótimos 06 pontos, uma conquista e tanto.


Gustavo e Luciano Moda, Nicolas, o acompanhante e mascote da turma na sessão derrubação e pai do Nicolas, Hélio Nardo, e fazendo a cerimônia de entrega, Sérgio Del Grande. 05 pontos.


Se somar as horas de Autorama dessa turma dá muitas existências, Dr. Nascar, Q - Jím, Armando Souza, Sílvio - Homer Simpson e o Fernando Bueno que entregou as medalhas para os componentes da acidentada Equipe Jaguar, 6ª colocada. 04 pontos.


Dú, André - Dick Vigarista e Dé, mostraram que são brasileiros, desistir nunca, recebendo as medalhas do 7º lugar. Garantiram 03 pontos.

Em 8º ficou a Red Bull, do Durval J 69, Rafael - Tchibumn e Flávio, ficando na 9ª colocação final a W2S, Wiltão, Wiltão Jr. e Solon - Solone.

Parabéns a todos que participaram, assistiram e prestigiaram, segundo o Fernando Bueno a competitividade é exatamente essa, decisão praticamente só na última volta.

Agradeço até aos mais exagerados que queriam me ver e até cobraram para que fosse diretor de prova das 12h, mas lendo rapidamente apontei redação com muita dicotomia, contrapondo-se, e achei melhor deixar para uma outra oportunidade em que acertemos financeiramente para tal, inclusive para redigir o Regulamento Técnico, Desportivo e Disciplinar.

Em troca de imeiús, o pessoal de São Paulo ventilou que chamasse a atenção da necessidade de uma outra prova como essa, inicio de julho, pois os goianos vão competir a 2ª Etapa do Europeu de Slot.It Grupo C, em Verbano na Itália, e os paulistas se não forem para Portugal, disputar as 24h da cidade de Trofa, Porto, de 13 a 15 de julho próximo, devem engrossar as fileiras também na Itália. Boa oportunidade de se fazer uma outra corrida de longa duração, invertendo o sentido da pista, novamente sem imã e pesos, com suspensão traseira opcional.

Obrigado aos amigos de São Paulo que me favoreceram via Facebook, com a maioria das fotos.

Enorê Brião Bragança.

Automodelismo de Fenda - Matéria de Televisão coloca o Autorama de Réplicas SCX Digital como brinquedo.

Exibição interessante de uma pista SCX Digital com Réplicas da Nascar, ao vivo em telejornal de uma emissora carioca. O Gerard Sancho é quem dá as dicas, ele que é da Oficina do Autorama - RJ.


Acompanhem pelo link. Tá certo que não é tão novinho.....


Enorê Brião Bragança.

Automodelismo de Fenda - Tomada de tempo as 9h e 30', largada da etapa inaugural do 1º Brasileiro de Replicamodelismo Endurance Slot.It Grupo C, 10h, no Clube do Autorama.

Tudo pronto, a vistoria foi feita ontem a noite, após os treinos livres, todo o material de cada uma das 10 equipes inscritas está guardado e lacrado, só será entregue amanhã, sábado dia 21/04, feriado nacional do descobrimento do Brasil, momentos antes da tomada de tempo marcada para as 9h e 30', largada para as 12h de Goiânia pontualmente as 10.


A maioria dos competidores está com os tempos pouco acima dos 12s por volta, poucos baixaram dessa marca, o que não representa muito em uma competição com 12h de duração como essa que abre o 1º Brasileiro de Endurance em pista de plástico, com carros da marca italiana Slot.It, inclusos no Grupo C, Protótipos que originalmente disputam uma das mais tradicionais provas do automobilismo mundial, as 24h de Le Mans, na França; com chassis original, sem imã ou pesos, qualquer suspensão traseira opcional, pneus nacionais do patrocínio de apoio, DPF, único motor da especificação Box 2 de 21.500rpm.


As equipes de fora não pouparam elogios a pista que obedece a parâmetros internacionais de competição, estão encantados com a recepção calorosa e ainda com a organização.


O Clube do Autorama está muito bem instalado, na Avenida 4ª Radial, 680, Quadra 84, Lote 19, Setor Pedro Ludovico, sobreloja, na capital Goiana.


As equipes participantes:

- Espaço Fórmula – Piracicaba:

Fernando José Bueno, 04 títulos nacionais em Replicamodelismo de Fenda;
José Carlos Aversa, um dos maiores craques da América do Sul na personalização de carrocerias;
Francisco Teodoro Arruda – Fran e
Marco Aurélio Casale.

- Americana Autorama, também do interior de São Paulo:
Gustavo e Luciano Moda;
Nicolas Nardo; 
Pablo Pinheiro e, como acompanhante, Hélio Nardo.

 - DG Autorama, SP capital. Lideram boa parte do estadual em pistas tradicionais, madeira, e plástico.

Sérgio Del Grande;
Cassiano e
Pedro.

Curitiba Autorama:
Guilherme Negrello, campeão brasileiro SCX Light 4H, 25.000rpm, em 2011, Americana-SP;
Paulo Garcez;
Benhur;
Sandro Alenski - Patrão e
André Franchi.

Equipes goianas:

- Ionic

- Fabío Passáglia - Fabím, Cristiano Vaz - Kitty e Ricardo Câmara;

Speed Way - Edvaldo Roberto de Souza, o Bala que é campeoníssimo no Sprint, autorama de carrocerias de bolha; Bruno Pinheiro e Solon Lago - Solone;

W2S - Wilton Ferreira - Wiltão, Paulo Barone e Wilton Júnior - Wiltinho;

Jaguar - Fernando Antônio Curado -  o Q - Jím, Silvio Neto - Homer Simpson, Dr. Nasser R. Tannus - Dr. Nascar e Armando César;

Velox - André Fleury - Dick Vigarista, André Passáglia - Dé, Eduardo Câmara;

Red Bull - Durval - J 69, Flávio e Rafael - Tchibumn;


A entidade paulista gestora dos campeonatos regionais de Autorama de Réplicas com muito sucesso, apesar de seu segundo ano de existência, ORGCAR, auxilia na realização deste evento nacional.

Enorê Brião Bragança.

Automodelismo de Fenda - Arrows Slot cars com mecânica Scaleauto estará a disposição a partir de maio na Europa.



Previsto para maio na Europa, o Arrow Slot  - Saleen S7R já pode ser adquirido através da Pre Venda. Ele vem equipado pronto para competição, interior em Lexan e motor Scaleauto de 20.000rpm. Clique no link da Réplica de Autorama logo acima para ver mais fotos.  Preço 49,95 mais despesas de postagem.

Antecipamos ainda durante a Feira Internacionais de Brinquedos de Nurembërg, na Alemanha, abril, atalhos 1 e 2

Enorê Brião Bragança

Esportes pela Internet - Agressão no Futsal e jogada de Futebol Americano no Esporte da Bola ao Cesto.


Jogada inusitada no Basquetebol. Time ganha a disputa de bola ao alto, arma posicionamento como se fosse a distribuição tática do Futebol Americano e converte 02 pontos em jogada sensacional, culminando com uma enterrada de costas.

 

Péssimo exemplo que vem do Futsal. Goleador marca tento e reclama de deslealdade de adversário que se levanta e desfere um chute alto de fazer inveja ao brasileiro Anderson Silva, campeoníssimo no mais significativo torneio do MMA, Misto de Artes Marciais, o Ultimate Fight.

Artilheiro fica estirado nocauteado, enquanto o agressor e desqualificado da partida. Imediata e correta ação dos árbitros.

Esses vídeos foram reproduzidos a partir do UOL Esportes e circulam livremente pela internet.

Enorê Brião Bragança.

Automodelismo de Fenda - Rodas Triumph que servem tanto para caminhão de Raid e Slot cars convencionais.


É uma das maiores dimensões para roda, 19 por 10,5mm, são bonitas e podem ser utilizadas em caminhões de Raid e também como rodas traseiras da maioria dos Slot cars, indiferente da marca das Réplicas de Autorama. Exigem eixos de 2,38mm ou 3/32polegadas.

Reparem o contraste na ilustração seguinte.



Enorê Brião Bragança.

Automodelismo de Fenda - Mais uma edição de sucesso esplendoroso das 24h Mundial de Endurance da NSR.


06 traçados em pista de plástico competindo simultaneamente, 20 equipes de fora da Itália, 24 de lá mesmo, 300 pessoas de 08 nacionalidades diferentes, essa a ambientação para as 24h World Race Endurance da NSR, que aconteceu no último final de semana em Fidenza, Parma, com a utilização dos Ford P 68, Ford MK IV, Ford GT 40 e ainda os Porsches  917K da marca de alta performance italiana.

Show essas imagens da prova durante o período noturno. Acompanhe nos vídeos.

Resultado oficial:


   Enorê Brião Bragança.

Automodelismo de Fenda - FLY revive seus melhores momentos relançando mais um Grupo V.


Esse é mais uma Réplica de Autorama reproduzindo carros das 24h de Le Mans, na França, no Grupo V. Esse BMW M1 disputou a prova mais importante e tradicional do automobilismo de provas de resistência, Endurance, em 1985, pilotado por Edgar Doren, Birrane Martin e Jean Paul Libert.


Preço de £ 44,95(quarenta e quatro libras esterlinas e noventa e cinco), incluir mais despesas de postagem.


Enorê Brião Bragança.

Automodelismo de Fenda - Clube do Autorama de Goiânia é uma realidade emocionante de se conhecer.


Estive ontem a noite, na belíssima sede do Clube do Autorama, espaço vasto, ambiente reservado, seguro, bem iluminado e climatizado, boa companhia e tudo pronto para a inauguração com a Etapa de abertura do Campeonato Brasileiro de Endurance, provas de longa duração, com as 12h de Goiânia Slot.It - Grupo C, nos próximos dias 20 e 21, com a participação confirmada de 10 equipes, 02 do interior de São Paulo, uma da capital paulistana, uma de Curitiba, Paraná. Espera-se a confirmação da equipe representando a Capital das Alterosas, haja vista que, perdeu-se o contato com os competidores de Belo Horizonte. Entre os goianos muita conversa da Rádio Box, integrantes escondendo ou despistando com quem vão correr juntos, já que em uma prova de Endurance, os inscritos se dividem em equipes, com o mínimo de 04 e máximo de 06 participantes. Até 12 equipes podem disputar uma prova no Clube do Autorama de Goiânia.


São 02 traçados analógicos simétricos, cada com 06 fendas, da marca espanhola Ninco, com extensão de 44 metros, automação da DS, exposição do resultado parcial segundo a segundo pelo sistema Lap Counter em um enorme monitor de led e outro da direção de prova. Há a opção de se inverter os sentidos dos 02 circuitos, basta um clíque em uma chave, ou transformá-los em um digital. 

Exatamente essa a intenção no futuro, transformar esses traçados em Digital Oxigen, que permite até 20 automodelos simultaneamente, emendando uma das retas para aumentar a extensão, com a limitação de motor de 25.000rpm, já para o final do ano, com uma prova de âmbito pelo menos nacional. Em caso de um número pequeno de participantes, pode-se adotar somente um circuito menor ou recorrer a alteração de sentido também. No Autorama Digital, existe a estratégia de abastecimento, observar quanto menos carros se dirigirem para o pit lane, boxes, melhor, quanto mais combustível representado por um nível de energia, mais pesado o automodelo fica e compromete seu rendimento. Em provas curtas, a opção de fazer abastecimento com meio tangue pode trazer resultados positivos com o carro mais veloz. Se o piloto deixar para abastecer próximo do término da energia, o carro apresenta características de pane seca e caso se efetive o risco da falta de combustível, automaticamente fica desclassificado. Existem alternadores de fenda, tanto em retas quanto em curvas, a escolha do traçado mais apropriado para o desempenho do carro é uma sábia decisão que se efetiva no resultado.


Cristiano Vaz - Kitty e Fábio Passáglia, microfone em punho, são os idealizadores desse empreendimento, o Clube do Autorama de Goiânia.

Inicialmente procurei o Fabím para explicar a implantação dessa pista de plástico nos moldes internacionais de competição. Ele sorriu e disse "Loucura, né Enorê? Mas brindamos a todos os praticantes do Replicamodelismo de Fenda com a única pista do estado de Goiás e com uma preocupação, minimizar custos para todo mundo. Agora a administração é de todos os associados", sentenciou o Fabím, também um dos pioneiros no Replicamodelismo de Fenda Digital.

Meio que se esquivando, o Kitty revelou que tudo é um planejamento, uma tentativa para competirem em igualdade de condições com os europeus nas corridas feitas em pistas de plástico, novamente na etapa de Verbano, com uma inversão, ano passado foi a 1ª etapa do Europeu, neste ano será em Igualada, Espanha, enquanto que o norte da Itália ficará com a etapa intermediária da competição européia. Segundo ele, "precisávamos ter um contato mais estreito com esse tipo de pista, ter conhecimento dos controles que eles utilizam, das manhas com suspensão que é uma novidade ainda para nós. Estamos testando a pista há menos de 05 dias, ela ainda tem tensão artificial, tem consumido muitos pneus de qualquer substância, borracha, silicone ou acetato. Todo esse aprendizado nos será útil para melhor representarmos o país em Verbano. Trouxemos equipamentos já superiores aos adotados para a corrida do ano passado, iguais ou equivalentes para este ano. Apesar da curtíssima bagagem internacional, estamos nas mesmas condições de quem disputou apenas corridas de Autorama de SCX, diferença significante, pois os Slot.It tem 21.500 contra os motores RX 42 - B de 18.000 da SCX. Quem pensa que teremos vantagem por termos corrido em Verbano é a mais pura ilusão. Temos consciência que é uma competição desigual, eles tem tudo disponível com facilidade, enquanto aqui dependemos de raramente encontrar no mercado ou comprar do exterior", declarou Cristiano Vaz. A equipe goiana correu na Itália com o reforço do Fernando Antônio Curado, popular Q - Jím, ainda o Arcídio Castro Júnior, Cid da Trion, de São Paulo. Em pese as dificuldades de adaptação aos equipamentos, peças, acessórios, implementos e problemas mecânicos, a equipe ficou em último lugar, 34ª colocação.

Em outro artigo vou declinar sobre como vai funcionar o Clube do Autorama.

Sem a pretensão de ser exato, pois a interferência da Rádio Box ecoava em todos os ambientes ontem, mais ou menos essa deve ser as composições das 06 equipes goianas:

Ionic - Fabím, Kitty e Ricardo Câmara;

Speed Way - Edvaldo Roberto de Souza, o Bala que é campeoníssimo no Sprint, autorama de carrocerias de bolha; Bruno Pinheiro e Solon Lago - Solone;

É nóis - Wilton Ferreira - Wiltão, Paulo Barone e Wilton Júnior - Wiltinho;

Jaguar - Fernando Q - Jím, Silvio Neto - Homer Simpson, Dr. Nasser R. Tannus - Dr. Nascar e possivelmente o Armando César;

Velox - André Fleury - Dick Vigarista, André Passáglia - Dé, Eduardo Câmara;

Red Bull - Durval - J 69, Flávio e Rafael - Tchibumn;

Team de outros estados:

Del Grand - a confirmar pilotos , São Paulo capital;

Espaço Fórmula - também não enviou relação de pilotos, Piracicaba, SP;

Americana - SP, Pablo Pinheiro vai inscrever seus componentes durante o dia que antecede a corrida, conforme faculta o Regulamento, a exemplo da escuderia de Curitiba, PR;

Nem todos os modelos da marca italiana Slot.It estão liberados para disputarem as 12h de Goiânia - Grupo C, somente o chassis original será permitido, os motores lacrados serão sorteados, especificação Boxer 2 sem ventilação e com 21.500rpm de potência. Os pneus serão distribuídos gratuitamente em forma de patrocínio de apoio, uma vez que os fabricantes cederam 100 pares de pneus da marca DFP. As baterias serão de 50 minutos, já que as equipes competidoras têm de passar por cada uma das 12 fendas, se alternando a cada troca de pista. Quando não estiverem incumbidos na condução de seus carros, os pilotos são obrigados a servirem de repositores. 

Ainda ontem, foi realizada uma corrida individual amistosa para testar o sistema de automação e contagem de voltas. André Fleury - Dicky Vigarista foi o grande vencedor com 83 voltas, Sílvio Homer Simpson fez 82 e chegou em segundo, terceiro para Q - Jím com 81, mesmo número de voltas computadas pelo Wiltão, como percorreu distância maior do marcador de voltas, Q - Jím complementou o pódio.

Enorê Brião Bragança.

Automodelismo de Fenda - O cara é português de nascimento mas radicado no Brasil há tanto tempo que os amigos dizem que ele ajudou a ancorar as caravelas de Cabral. Conheçam o criador do Controle ou Acelerador de maior sucesso na Europa, principalmente para Réplicas.


Rui Capucho nasceu em 03 de março de 1958 e há mais de 40 anos milita no Automodelismo de Fenda. Dentre tantas façanhas, orgulha-se em afirmar que há pelo menos 30 anos é distribuidor para a Europa, assumindo ser o primeiro importador de marcas como a Proslot e Koford para o Brasil. Conta que até pescou com o Dan De Bella, imagino, já que ele não mencionou quem era, um proprietário dessas marcas mundialmente famosas de acessórios, peças ou implementos de Slot cars; e se enche de júbilo como a qualquer outro pescador e suas proezas. 

Ele é português mas reside no Brasil e é reconhecido pelos brasileiros do top dessa modalidade de esporte ou entretenimento, convívio que despertou sua curiosidade para projetar e industrializar controles de alto rendimento, todos eletrônicos, o que não foi muito difícil para quem têm habilidades e formação científica neste setor, engenharia elétrica e eletrônica; restritos a comercialização por encomenda, minimamente há uma dezena de anos, segundo ele. Produz para outras marcas o que impede de atualizar de momento seu site que vale a pena visitar no link que abre direto no item Controladores, situação essa que ele promete alterar em curto espaço de tempo.

Enfático, Rui assegura que qualquer um dos 03 modelos voltados para Replicamodelismo de  Fenda sem atração magnética que vamos apresentar, "com certeza, conseguem baixar as marcas de tempos, seguramente entre 02 e 04 décimos de segundo, em comparação aos melhores aceleradores conhecidos. Não é presunção, mas atualmente são os melhores e mais sofisticados aceleradores da Europa para a escala 1/32, especialmente para as Réplicas de Autorama, visando competição em pistas profissionais de madeira, plástico ou as pistas caseiras. Oh rapa, e não é estória de pescador!", garantiu Rui Capucho. 


Pedi que fizesse um parâmetro com os aceleradores Di Falcon e ele argumentou que "em termos de precisão e tecnologia não há a menor relação,  os da Pro Model ficam anos luz a frente, podemos dizer até que é algo futurista, ainda mais considerando que os da concorrência em questão não podem ser usados em Réplicas de Autorama e possuem características insuficientes. O desgaste dos componentes é eterno, mas garanto que as avarias técnicas são inferiores a 0.005 por 1.000, considerando que o cálculo da qualidade e equilíbrio do conjunto eletrônico  se protege. Gostaria de deixar claro, se me permite, que esses controles não são produzidos no Brasil e são aceleradores exclusivamente para polaridade positiva, usada na Europa e EUA", aludiu o inventor e fabricante Rui Capucho sobre seus Pro Model.       

 
 
Esse é o Pro Model PMC 7. Preço de varejo unitário, R$500,00(quinhentos reais).


Meu DEUS, e pensar que JESUS CRISTO em seus 03 anos de pregação contou 49 histórias e fez 07 sermões, enquanto sou obrigado a usar um dicionário para clarear nosso entendimento sobre os termos técnicos desses produtos. Não se assustem, pois desvendaremos que não é algo para comer com cat chup e limão ou um comprimido para ser ingerido, ainda algum produto natural para se usado no cabelo. Já sei, vão dizer que lembram o economês daquelas entrevistas infindáveis do ex ministro da inflação, quer dizer, fazenda ou planejamento, Delfim Netto. Acerquem-se, o final é compensador.

 
 
 
    
Esse é o Pro Model PMC 8, a exemplo do anterior têm 28 bandas e possuem   controles de seed e chock, calma aí gente, mais embaixo esclareceremos esses termos. O PMC 8 difere de seu antecessor, mas também exibe curso flutuante e um inovador sistema de travagem, baseado em tecnologia SMD, muito mais seletivo e superior em qualidade, conta ainda com resistências comutáveis, ou seja, conseguem escolher valores intermediários de qualquer resistência. Custa R$650,00(seiscentos e cinquenta reais) à vista.

 
 
   
O Pro Model PMC 9 além de exibir todas as valências dos modelos anteriores, conta com 39 bandas e controle anti-spin. Tem o valor por peça de R$750,00(setecentos e cinquenta reais). E por falar em bandas, tem gente pensando no bom e velho Rock, como Led Zeppelin, The Who, Iron Maiden, The Beatles etc., mas não tem nada a ver com a analogia com bandas.


Esse é um acelerador ou controle, como queira, mais sofisticado e está disponível no site. Sua potência chega até 1000 watts, inclusive com LCD para verificação e leitura das regulagens, modelos assim tem o recurso de modulos externos de potências ventilados. Preço variável.

Ora do Glossário do Tio Rui Capucho:

Bandas - Setores de controle;

Seed – controle de tensão do acelerador, em inglês significa semente;

Contato flutuante de cursor - Evita qualquer falha de contato, não há falta na alimentação de energia para o carro, isto é, interromper a fonte de velocidade;

Tecnologia SMD - refere-se a micro componentes, no caso do sistema de travagem  impede o retorno de picos de corrente, melhorando a redução de velocidade, propiciando maior estabilidade em qualquer tipo de curva em cerca de 25% em relação aos sistemas até agora conhecidos;

Chock - recurso de controle anti derrapagem; 

Anti - Spin - Evita perda de tração, spin do inglês traduzido para o português significa calço e 

Dan De Bella - Fundador e proprietário da Pro Slot EUA.

Enorê Brião Bragança.